Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Perdao...

Segunda-feira, 09.03.09

Não se pode ter tudo,

Tudo com letra grande num papel por dobrar

Mas rir e amar, num amor k se expande

Viver num aperto e ler no seu lar,

Não é ter um amor e sofrer,

Nem uma cama por fazer…

Posso não ter uma amizade sólida nem um carro por limpar,

Ou ate por pagar,

Mas tenho sem duvida o carinho, amor,

Teimosia enrolado no linho e prezo na paixão…

Posso não ter, mas…

Vem do mar pairando no pensamento,

 E ate não ter…

Não ter escutado com o suspiro que a dor me oferece, magoar e chorar.

É o canto do espelho na outra fase do oculto,

Pois de paralelo em paralelo se faz uma estrada,

Construindo, trespassando…

Isto é amizade que salta,

Mas também voa...

Posso ate não ter ouvido mas de perdão sei viver,

Em perdão vou escrever…

Meus amigos cá estou em letras que tênho,

Desculpem algum mal, que fiz, tenha feito ou que venha a fazer,

Pois não tenho coragem… nem coragem…

E em coragem vou escrever, eu sei, eu sei…

Posso ate não ter… mas…

ADOROVOS e sempre vos quero ter,

Sentindo e escutando,

Para ver todos nossos filhos crescer…

“Perdão por algum mal que posso ter feito, adoro-vos…”

 

S.r

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Dragonsky às 21:19





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031





comentários recentes

  • Dragonsky

    sim vou claro ;D com muito prazer

  • Dragonsky

    muito obrigado Dragonsky

  • sofiazinha

    Gostei muito deste poema!! Absolutamente maravilho...

  • sofiazinha

    Vejo que o teu blogue anda muito desactualizado ma...

  • sofiazinha

    Sim sim deves sempre lutar pelos teus sonhos e aci...

  • sofiazinha

    A vida deve ser levada sempre com um bom sorriso,n...

  • MIGUXA

    Olá Sérgio,Lindo!!!Adorei...Beijos docesMargarida

  • soraia

    Amo te meu amor :)

  • MIGUXA

    Olá Sérgio,Gostei muito deste teu poema... e "de t...

  • MIGUXA

    Sérgio,Lindo o teu poema, doces as palavras que fa...