Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



E eu mergu...

Domingo, 16.11.08

Mergulho neste teu ser
por vezes para te compreender
procurando tentar entender
como um poeta me fazes ser


Sou um poeta escondido
algures no meu interior
poeta viajante e perdido
e sempre em busca do teu esplendor


Poeta nesta procura
por tua pele macia
uma pele sensível e fina
tu poeta da minha vida


Abraço-te no enrolar
tentando num só nos tornar
contornando este desejo
dois corpos embrulhados

no desejo de amar


Adoro todos os momentos
recordando esse teu olhar
enquanto tua pele se arrepia
um sentindo que não sei explicar
limitando-o poeta
é uma beleza recordar
ser-se amado
mas em poeta vou sonhar
e a todos deuses da terra
agradeço por um poeta me dar...


Poeta aproveito para dizer
adoro, mas adoro mesmo
as vezes que me fazes
este lábio mordiscar
poeta é contigo que para sempre vou ficar.
Parabéns a ti poeta ;))
por me conseguires aturar...

S.r
ps: caros amigos, este poema não foi facil trancrever para o papel, não sei mas talvez por não ter aquela palavra magica no momento certo... Nao ficou muito bom mas foi penssado com um objectivo.
Desafio-te a ler mais uma vez subestituindo a palavra "poeta" pela palavra "amor"
ser-se poeta é mesmo isto :)
Desfilar com as palavras.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Dragonsky às 19:28


1 comentário

De Patricia a 16.11.2008 às 19:36

Meu amor com eu amo aturar te e ser tua a todos os minutos da minha vida, como amo arrepiar me com cada toque teu....
és sem duvida o amor da minha vida com quem eu quero ficar e eu é que agradeço por me aturares e me fazeres feliz :)

amo te

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30